Loading

Bem-vindo ao site oficial do Longines Xtreme Teams' Challenge Brasil

Logomarca Oficial Extreme Team's Challenge

Para A Próxima Etapa

Cronômetro atrapalha, time Artem vence e Longines XTC 2022 fica ainda mais equilibrado

- 2 de maio de 2022 -

Cronômetro atrapalha, time Artem vence e Longines XTC 2022 fica ainda mais equilibrado

O tempo de 72 segundos para percorrer o percurso cronometrado foi o maior inimigo dos cavaleiros que disputaram neste último sábado (30/04), à noite, a final da 3ª etapa do campeonato Longines Xtreme Teams’ Challenge 2022, realizada na Sociedade Hípica Paranaense, em Curitiba. Dos 24 concorrentes das 8 equipes de 3 conjuntos cada uma, 6 deles foram penalizados por excesso de tempo, o que prejudicou principalmente aqueles que não cometeram faltas nos obstáculos.

Assim, apenas a equipe MUNDO DO CAVALO ARTEM foi a única a sair da pista com zero ponto perdido, por não ter também nenhuma falta em obstáculos e não ultrapassar o tempo limite de 72 segundos. A amazona Luciana Camargo fez 68,66 segundos, Juliana Loureiro Carlos, 68,71 segundos e o capitão do time, Artemus de Almeida, 71,38 segundos e, por pouco, não ultrapassou o tempo limite exigido.

Com a vitória, a Artem subiu da 3ª para a 2ª posição da classificação geral do certame, após três etapas.

O segundo lugar da final foi obtido pela equipe EXITUM, que havia vencido as qualificatórias e foi a última a entrar na pista. Comandada por Stephan Barcha, que zerou o percurso final do time, sem faltas, em 69,65 segundos, a Exitum só não provocou o desempate aguardado pelo público. porque o seu primeiro cavaleiro, Luiz Felipe Pimenta Alves, foi penalizado com 1 ponto perdido por exceder seu tempo (72,19 segundos) em apenas 19 centésimos de segundo. Thiago Matos, entrou logo depois de Pimenta Alves e registrou 71,56 segundos.

O terceiro lugar foi da equipe ESPAÇO LASER IMPERIUM, que perdeu 4 pontos por ter uma falta, com um derrube levíssimo de obstáculo, cometida pelo seu experiente cavaleiro Rodrigo Lima, o último a entrar na pista e fazer 70,41 segundos. Antes, Doda Miranda zerou o percurso em 68,04 segundos e Guilherme Foroni fez o mesmo, em 68,39 segundos.

O 4º lugar da final da 3ª etapa do Longines XTC foi da Stuttgart Porsche SUPERARE, que terminou com 6 pontos perdidos (2 de Daniel Cesar Khouri, 4 de Caio Carvalho Filho e O de José Reynoso Fernandez).

Com 7 pontos, em 5º ficou a Boven AUDACIUS, que perdeu 1 por excesso de tempo com Marcello Ciavaglia, 0 com Sérgio Marins e 6 com Lucio Osório. Assim, a equipe perdeu a invencibilidade na temporada, porém, por ter vencido as duas etapas anteriores, manteve a liderança do campeonato.

O Longines XTC 2022 agora está muito mais equilibrado entre os oito times participantes: 1º) Boven Audacius, 77 pontos; 2º) Mundo do Cavalo ARTEM, 68; 3º) Stuttgart Porsche SUPERARE, 65; 4º) EXITUM, 63; 5º) ESPAÇO LASER IMPERIUM, 53; 6º) AURUM, 49; 7º) Vetnil FOCUS, 41; e 8º) Ja Horses AUXILIUM, 37 pontos.

Jornalista Responsável: Charles Marzanasco Filho, MTB 12.079
Cel.: (11) 98174-9634
E-mail: charles.marzanasco@gmail.com

- Compartilhe esse conteúdo -

Relacionadas

- Continue Lendo -

cronometro-atrapalha-time-artem-vence-e-longines-xtc-2022-fica-ainda-mais-equilibrado

Cronômetro atrapalha, time Artem vence e...

audacius-obtem-outra-vitoria-na-final-da-segunda-etapa-do-longines-xtc-2022-em-porto-alegre

Audacius obtém outra vitória na final da...

final-da-segunda-etapa-do-longines-xtc-e-atracao-deste-sabado-em-porto-alegre

Final da Segunda Etapa do Longines XTC é...